Posts Tagged ‘Cascavel’

Eduarda Wilhelm Possenti*

O I Congresso Internacional de Estudos do Rock, que ocorreu durante os dias 25, 26 e 27 de setembro, contou em sua programação com a apresentação de artigos durante as Sessões de Comunicações, realizada nos três dias na parte da tarde. É o primeiro evento do Brasil de estudo acadêmico tendo o rock como assunto central e objeto científico. Visa estimular a pesquisa e manifestação artística sobre esse tema, que tem grande relevância cultural e política e pode vir a se tornar um ótimo campo de análise para as ciências sociais e humanas.

DSC_0058

Caroline Govari Nunes apresentando seu artigo nas Sessões de Comunicações do Congresso (Foto: Talita Moraes)

Com mais de 200 trabalhos inscritos, as apresentações foram divididas em sete simpósios temáticos: Histórias do rock, Poéticas do rock, Rock e cinema, Rock e comportamento, Rock e contracultura, Rock e educação e Rock e outras artes. Os trabalhos contaram com diversas abordagens, como o processo de criação de letras, questões estético-literárias de canções, estudos comparativos entre códigos de expressão, a influência do rock nos padrões comportamentais da sociedade, a utilização do rock no processo de ensino-aprendizagem e a relação dele com as mais diversas manifestações artísticas.

Caroline Govari Nunes, jornalista formada pela UFSM-FW, apresentou seu artigo “Cinema e Rock: uma análise dos usos da imagem documental para a estética do videoclipe em Chiaroscope, de Ricardo Spencer”, um estudo sobre o diálogo entre documentário e videoclipe, música e expressão audiovisual no DVD-Coletânea sobre as gravações do disco Chiaroscuro, da cantora Pitty. Caroline também apresentou, juntamente com Angélica Bomm, psicóloga formada pela URI-FW, o artigo “O feminino retratado na cena brasileira de rock’n’roll: uma discussão de gênero”, que levanta e questiona os papéis da mulher através das teorias de gênero e músicas que representam estes movimentos.

Os trabalhos apresentados tiveram os mais variados e inusitados assuntos dentro do contexto do rock, como estudos relacionando bandas com Edgar Allan Poe e Santo Agostinho, o rock no Chile, na Argentina e no Irã, desde o blues até o black metal. Ao final de cada apresentação houve um tempo para questionamentos acerca do tema, onde o interesse dos ouvintes e suas participações surpreenderam, rendendo excelentes debates e colocações.

*Eduarda Wilhelm Possenti é estudante do segundo semestre de Jornalismo da UFSM/FW

Anúncios

Natalia Nissen@_natiiiii

Image

Estão abertas as inscrições para o I Congresso Internacional de Estudos do Rock que acontece de 25 a 27 de setembro na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) – campus de Cascavel. O evento é em parceria com a Facultad de Periodismo y Comunicación Social de la Universidad Nacional de La Plata (UNLP), da Argentina.

É uma oportunidade imperdível para quem gosta de rock e quer aprender e discutir sobre o assunto! No congresso haverá apresentações artísticas e acadêmicas, palestras de pesquisadores da Argentina, Chile e Brasil, workshops, mesas redondas e presença de músicos.

Interessados podem enviar resumos e, se aprovados, trabalhos para apresentação nos simpósios temáticos:

  • Histórias do Rock: trabalhos que abordam o processo de criação de letras, gêneses de discos, a formação de grupos, eventos importantes na trajetória artística dos protagonistas desse gênero musical, as mesclagens do gênero com outras tendências musicais;
  • Poéticas do Rock: pesquisas que tratam das especificidades estético-literárias de canções desse gênero, contemplando as qualidades artísticas de letras, arranjos, álbuns, conjunto da obra, entre outros temas;
  • Rock e Cinema: estudos comparativos que abordam relações homológicas, históricas, de procedimentos artísticos, dentre outros aspectos, entre esses dois códigos de expressão;
  • Rock e Comportamento: pesquisas que abordam a influência do rock na criação e mudança de padrões comportamentais na sociedade de um modo geral, desde suas origens até suas mais hodiernas atualizações;
  • Rock e Contracultura: trabalhos que contemplam o papel do rock na criação de um estilo de vida que se constitui em deliberada oposição ao establishment, forjando novos padrões de comportamento, moda, organização social e do trabalho;
  • Rock e Educação: pesquisas e experiências pedagógicas que discutam os fenômenos educativos relacionados, direta e indiretamente, ao rock e ao consumo e fruição deste; à utilização do rock como fonte e opção metodológica no processo de ensino-aprendizagem; à análise de letras que se detenham sobre a Educação; entre outros temas similares;
  • Rock e outras Artes: relações de proximidade, influência, pressupostos artístico-ideológicos e estéticos entre o rock e as mais diversas manifestações artísticas, tais como as artes plásticas, o teatro, a dança, a fotografia, dentre outras

Outras informações podem ser obtidas no site do congresso. Os alunos de Comunicação Social da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – campus de Frederico Westphalen já estão se inscrevendo. Fiquem atentos, pois o pagamento das inscrições se encerra dia 8 de abril!