Medusa não deixa ninguém parado no Les Paul

Posted: 01/07/2012 in Publieditorial, Rock, Shows
Etiquetas:,

Carol Govari Nunes@carolgnunes

Ao contrário da Deusa mitológica que transformava em pedra quem olhasse diretamente em seus olhos, a chapecoense Medusa agitou – e muito! –  a última noite do mês de junho no Les Paul Rock Pub.

Formada por Juliano Backer (guitarrista), Luiz da Costa (vocalista, guitarra base), Marcos (baixista) e Zumbaide (baterista), a banda com pouco mais de meio ano se uniu pela vontade de tocar Hard Rock. Luiz da Costa, vocalista da banda, mantém o projeto “Jack Louis” desde 2007 e então começou a sentir a necessidade de montar um time mais forte e mais rock, já que na Jack Louis ele faz um som mais acústico.

– Todos já têm experiência no ramo e decidimos unir isso na Medusa, completou o vocalista.

A banda ainda está produzindo o material de divulgação, tanto que eles ainda nem tem Facebook ou MySpace. A Medusa também é conhecida como New Jacks, já que veio de uma necessidade anterior da Jack Louis.

O efeito da apresentação dos caras foi tão positivo que, durante o show, o sócio-proprietário Crystian Graffitti já confirmou que em agosto a banda tocará novamente no Les Paul. Nem os problemas com a falta de água no local, ou as falhas no amplificador do baixo foram suficientes para diminuir a empatia que a banda causou na plateia durante as 20 músicas executadas.

A Medusa tem meio ano de banda e está preparando seu material de divulgação (Foto: Carol Govari Nunes)

Falando em músicas executadas, o set list fugiu completamente do “de sempre”, explico: nada de “Amigo Punk” e “Não Sei”, por exemplo. Aliás, nada de música nacional. A Medusa mandou ver no AC/DC, Rush, Foo Fighters, versões mais pesadas de Beatles, Michael Jackson e Creedence, entre outros clássicos e encerrou com um Rage Against The Machine que fez todo mundo pedir bis. Não é pra menos que Zumbaide estourou a correia da caixa e o bumbo da bateria. Também ainda não descobri como o Juliano não bateu a cabeça nos amplificadores suspensos no teto, porque o cara pulou enlouquecidamente durante todo o tempo. Mas é o que eu sempre digo: Deus protege as crianças, os bêbados e os roqueiros. Amém.

Anúncios
Comentários
  1. Deve ser a primeira vez que rolou Rock de fato no Les Paul “Rock” Pub.
    Não pude comparecer, mas se os caras tocaram Rush e AC/DC, no mínimo tem gente que gosta de rock puro.
    Ainda falta muito pra considerarmos que o rock está em alta em Frederico, mas é um começo razoável.

  2. Stefano Zibell diz:

    Bom, bom texto. A senhora manja das coisas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s