Os vencedores do Prêmio Açorianos de Música

Posted: 28/04/2011 in Agenda
Tags: , ,

Natalia Nissen@_natiiiii

Na última terça-feira, 26, aconteceu em Porto Alegre a cerimônia do Prêmio Açorianos de Música. As distinções foram entregues aos trabalhos destaques no ano de 2010, e os artistas homenageados foram a dupla Kleiton & Kledir. O público lotou o Teatro do Bourbon Country e assistiu à entrega de 40 estatuetas.

Vitor Ramil recebeu o prêmio de "Disco do Ano" (Foto: Marcos Nagelstein - divulgação)

O prêmio mais importante, o de “Disco do Ano”, foi para o cantor Vitor Ramil, irmão dos homenageados da noite, com o álbum “Délibab”. Neste trabalho Vitor musicou poemas do gaúcho João da Cunha Vargas e do argentino Jorge Luis Borges. O álbum ainda garantiu os prêmios de “DVD do Ano”, “Instrumentista” e “Disco” na categoria MPB.

Na categoria Pop/Rock os vencedores foram: Bebeto Alves em “Compositor” e “Interprete” pelo trabalho “Bebeto Alves em 3D”, Yanto Laitano em “Instrumentista” e o “Disco” foi para o álbum que leva o nome da banda “Apanhador Só”. Fernando Noronha & Black Soul arrebatou todos os prêmios da categoria “Blues/Jazz” com o álbum “Meet Yourself”. A banda Chimarruts também foi campeã no gênero Reggae.

As músicas dos irmãos Kleiton e Kledir foram interpretadas por vários cantores gaúchos que participaram da homenagem. Thedy Corrêa (Nenhum de Nós), Serginho Moah (Papas da Língua), Claus e Vanessa, Tati Portella (Chimarruts), Neto Fagundes e Carlinhos Carneiro (Bidê ou Balde) estavam na lista de apresentações. O cantor Rui Biriva também foi lembrado por artistas que subiram ao palco e comentaram a importância do compositor para a cultura gaúcha.

“É um prêmio importantíssimo, talvez o mais importante dos que valorizam a música do nosso estado”

O vocalista da banda Bidê ou Balde, Carlinhos Carneiro, nos falou sobre a experiência de participar do espetáculo. Ele comentou que ficou muito feliz com o convite para cantar uma música da dupla, afinal, Kleiton & Kledir são seus ídolos desde quando ele era criança. Dentre as letras que conhece há tempos está a da “Fonte da Saudade”, música que ele interpretou na cerimônia do Prêmio e, assim, não teve como ficar nervoso.

Carlinhos Carneiro homenageou seus ídolos de infância (Foto: Katia Prieto - divulgação)

“E, falando nisso, foi ótimo participar ao lado de Pirisca Grecco e Shanna Muller, amigos queridos e excelentes músicos, excelentes representantes atuais da nossa música de raiz eterna, mais a Tati Portella que é uma baita voz, e o arranjador Álvaro Luhti que foi o grande responsável pela nossa apresentação. Nada supera uma sessão de gargalhadas com o pessoal dos sopros da Banda Municipal mais Alemão Ronaldo e Rafa Malenotti” declarou Carlinhos.

O músico ainda disse que o Prêmio Açorianos é contemporâneo e valoriza o que há de melhor na música do estado, “as homenagens foram certeiras e adequadas, principalmente se tratando de uma edição de 20 anos do prêmio”. Para finalizar ele ainda sugeriu uma nova categoria de prêmios dedicada ao metal, pois o som pesado tem se destacado através de vários instrumentistas e bandas.

Leia mais sobre o prêmio aqui.

Lista completa dos vencedores aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s