Bidê ou Balde fará show em Frederico Westphalen

Posted: 05/12/2010 in Agenda, Rock, Shows
Etiquetas:,

Carol Govari Nunes @carolgnunes

Eu conheci Bidê ou Balde em 2000. Lembro de fazer uma seleção musical e levar para uma loja em uma cidade vizinha para gravar. “Melissa”, “E por que não?” e “Buddy Holly” estavam no CD, que também tinha Hanson e… er, deixa pra lá. Essas músicas tocavam muito na rádio e então eu, com 12 anos, queria ter “Bideobalde” (eu achava que esse era o nome da banda) tocando o tempo todo no meu som. Eu nem lembrava mais da existência do tal CD, até meu namorado achá-lo há umas duas semanas na casa dos meus pais.

Bidê ou Balde é uma banda que tem no seu set list aquela música cínica, irreverente, bem humorada e divertida, a qual comentei no post sobre o bom humor dos anos 80 e 90. Não é pra menos, já que eles têm influência das bandas norte-americanas The B 52s (década de 80) e Weezer (década de 90).

Suas letras são melodramáticas e inusitadas, e a sonoridade abrange o rock n’ roll com uma boa pitada de Jovem Guarda, misturando uma levada meio psicodélica e encorpando com punk-pop-rock. Concluindo, é  música para se divertir.

Pilla, Leandro, Carlinhos e Vivi: a volta depois de anos sem gravar disco (Foto: divulgação)

A banda é formada por Carlinhos Carneiro (vocal), Rodrigo Pilla (guitarra), Vivi Peçaibes (vocal secundário e teclado) e Leandro Sá (também guitarra). Já passaram pela banda Rossato, Kátia, André e Pedro.

O disco de estreia foi lançado em 2000 e intitulado “Se sexo é o que importa só o rock é sobre amor”. Em 2001 a Bidê ou Balde ganhou o prêmio Artista Revelação no VMB, um ano depois do primeiro disco ser lançado, incluindo o grande sucesso “Melissa”. Outra música bastante conhecida deste primeiro disco é “E por que não?”, música que causou processo contra a banda por incentivo à pedofilia e incesto.

Capa do "É preciso dar vazão aos sentimentos"

Seu último disco “É Preciso dar Vazão Aos Sentimentos” foi o terceiro disco de estúdio, lançado em 2004 (os anteriores são “Se sexo é o que importa só o rock é sobre amor”, o qual citei antes, e “Outubro ou nada”). A sonoridade da banda mudou um pouco neste trabalho. As guitarras tiveram sua presença intensificada e o som ficou mais pesado. Em 2005 aconteceu a saída de Pedro Hahn e a partir daí a Bidê ou Balde deixou de ter um baterista fixo.

“É Preciso dar Vazão Aos Sentimentos” teve duas versões do álbum. A primeira, com dez músicas, de capa prata e com a participação de Marcelo Nova em “Hoje”, cover do Camisa de Vênus.

A segunda tem a capa branca e não tem a participação de Marcelo Nova, mas conta com quatro faixas bônus remixadas. Esta última foi vendida nas bancas de jornais, distribuída pela revista Outracoisa (a qual também lançou o disco “Bogary”, do Cascadura).

No dia 10 de dezembro, a Bidê ou Balde se apresentará na casa de shows Green Lounge, em Frederico Westphalen. Os fãs poderão curtir seus maiores sucessos desses 10 anos de atividade, além da música nova “Me deixa desafinar”, que anda tocando em todas as rádios do Rio Grande do Sul.

No site da banda você encontra músicas, informações, biografia e tudo o que a banda já produziu.

No Track 25 do nosso Set List você pode assistir o videoclipe de “É preciso dar vazão aos sentimentos”.

Anúncios
Comentários
  1. @NatanMaghry diz:

    Sem contar que eles estaram em Chapecó dia 11/12 no Premier Bier…
    Acompanho eles desde 2004, ja tive oportunidades de estar em uns 6 show´s , e ainda continuo indo quando estão por perto. Uma banda exelente, sempre com ”roteiros” diferentes nos show´s…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s